DragonHald

Dragon Half

Já assisti alguns animes de humor idolatrados por muita gente e não gostei muito. São “japoneses” demais pro meu gosto, é um tipo de humor muito diferente do que estou acostumado. Sem falar em piadas que eu não entendo porque não conheço rituais e manias dos orientais, e sem conhecer a base é difícil rir de uma sátira. Por isso fui atrás de Dragon Half – uma sátira de jRPGs e fantasia medieval, um gênero que curto bastante. E não me decepcionei nem um pouco.

Mink é filha de um caçador de dragões aposentado e… uma dragão vermelho fêmea ^^ Ela é apaixonada por um cantor/ídolo pop/matador de dragões chamado Dick Saucer, que faz shows disputadíssimo pelas pré-adolescentes. Mas a vida de Mink não é fácil: o Rei quer matar seu pai para se casar com sua mãe, e a Princesa Vina quer matar Mink pois vê nela uma rival pelo amor de Dick Saucer. O próprio Saucer quer dar fim a vida de Mink a pedido do Rei, por isso a meia-dragão decidi ir atrás de Poção Gente para que possa se tornar completamente humana e se casar com Saucer. E para isso ela precisa de dinheiro, que só conseguirá vencendo um perigoso torneio de artes marciais.

A animação é datada mas é bem produzida. Os cenários são estáticos e sem detalhes, mas os personagens são muito bem animados. Eles são mostrados tanto com traços normais como em SD – e passam de um estilo pra outro o tempo todos. Até as partes sérias passam por estas transformações e ficam hilárias. A quantidade de ação é impressionante, já que animes desta época costumam ter uma economia grande em movimentações. Mas no segundo ova há um problema meio chato: o reaproveitamento de cenas do primeiro ova, em flashbacks desnecessários que estão lá apenas para gastar tempo.

As dublagens são muito inspiradas. Assim como o estilo visual normal/sd as vozes normais/escrachadas se alternam o tempo todo. A risada de Vina é impagável, assim como as maquinações do Rei e de seu conselheiro Rosario. Os efeitos sonoros são raros, e como música há somente as cantorias de Dick Saucer e o encerramento. Eles pegaram uma música de Beethoven e colocaram uma letra muito ridícula. O resultado cai como uma luva no estilo do anime.

Infelizmente os OVAs não tem final. Foram planejados quatro, mas só dois foram produzidos. Os motivos variam de acordo com a fonte, mas o rumor mais forte é de que a série foi um fracasso comercial. Uma pena, pois Dragon Half diverte muito e termina praticamente exigindo novos episódios. A solução é ler o mangá, que conta a história completa e já foi traduzido por fãs pro inglês.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *