priest_movie_poster1

Priest (Filme)

Primeiramente gostaria de pedir desculpas a você leitor que tentou acessar nosso site nos últimos dias e não conseguiu. Estávamos em processo de mudança de host… Mas agora está tudo estabilizado e estamos de volta. ^^

Se você está cansado desses filmes B de vampiro onde o Sol o faz brilhar, está ai uma boa pedida, Priest é um dos raros filmes de vampiros são vampiros, se é que me entendem. ^^

Priest é uma adaptação do manhwa (quadrinho coreano) homónimo, onde a única semelhança é o título. De um lado temos um quadrinho todo sinistro recheado de elementos sobrenaturais onde criaturas demoníacas populam a Terra, o protagonista é um Padre que após ser morto juntamente com sua amada, ele fez um pacto com um demônio onde em troca de metade de sua alma e de serviços a serem prestados ele volta a vida com poderes sobre-humanos para poder se vingar. Já no filme vemos uma história completamente diferente. Esse que falarei nesse artigo

Começando com a incrível introdução que se trata de uma animação dirigida por Genndy Tartakovsky, autor de O Laboratório de Dexter e Samurai Jack. Abaixo segue o prólogo e sua tradução

“Isso é o que se sabe: sempre existiu o homem e sempre existiram os vampiros. Desde o começo, os dois travaram conflitos. Os vampiros eram mais rápidos, mais fortes, mas o homem tinha o sol… Não era o suficiente.

Dessa forma permaneceu, por muitos anos: as duas raças não destruindo somente a si próprias, mas o mundo como um todo. Para evitar sua extinção, a raça humana cresceu trancada atrás de um muro sob proteção da Igreja. E aí a arma suprema foi encontrada: os Sacerdotes.

Guerreiros com poderes incríveis, treinados pela Igreja na arte do combate a vampiros. Eles, sozinhos, alteraram os acontecimentos para os homens. Os vampiros restantes foram isolados em reservatórios e, temendo a força da arma que eles mesmos criaram, a Igreja ordenou os Sacerdotes a ficar distantes de uma sociedade na qual não eram mais necessários. E, com o passar dos anos, os poucos Sacerdotes que sobreviveram, isolados pela sociedade que um dia protegeram, desapareceram na obscuridade, como a ameaça vampira antes deles.” .

 

O filme se passa em um mundo pós-apocalíptico com elementos de velho oeste onde as pessoas vivem em cidades-fortes que são regidas pela Igreja, vale ressaltar o método usado para fazer lavagem cerebral nas pessoas, espalhado pela cidade existem alto falantes dizendo incessantemente que a Igreja protege a todos, que a salvação está no sacrifício, entre outras frases recorrentes. Fora dessas cidades existe um vasto deserto onde pequenos vilarejos de exilados, bandidos, mendigos são formados

Nosso protagonista é o Padre que desobedece as ordem da Igreja, e parte em busca do resgate de sua sobrinha, que foi raptada pelas criaturas da noite. Ao ser desobedecida a Igreja manda que seus últimos sacerdotes traga o protagonista vivo ou morto. Seguindo a história somos apresentado ao vilão do filme que segue o mesmo estilo de roupa do Van Helsing.

Não vou entrar em mais detalhes da história pois pode conter spoilers.

Em fim, Priest é um filme bacana que merece uma sequência, resta esperar para ver no que dá ^^

É isso ai, até mais e obrigado pelos peixes.

6 comments

  1. Cara esse blog tá cada vez melhor. Volto após certo tempo e com um pouco de nostalgia no peito. Massa!!!!!! Dá-lhe, galera de Divi!!!!!! Parabéns!

  2. Olha,eu tive que ir ao cinema para conferir o filme.
    Mas como leitor de HQ’s,digo que a historia lida é melhor do que a assistida. xD
    Na MINHA opinião, eu achei ruim o filme,esperava mais. O vilão do filme é sensacional,mas o principal, o ator não ajudou muito,melhor filme dele foi a atuação do albino no Codigo DaVinci.
    Mas a intenção foi bacana, pq realmente estamos precisando de filmes melhores de vampiros e meio que deixar de lado a versão criada em Crepusculo.
    Não se fazem mais filmes como “Entrevisca com Vampiro”,o melhor de todos.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *