Jogos Com Estilo Retro – Nintendo DS – Parte 02

E mais uma leva com três jogos com estilo retrô pra Nintendo DS,  com dois rpgs de deixar qualquer um careca :D Divirtam-se.

 

Black Sigil – The Blade of the Exiled

Quando o Studio Archcraft começou a desenvolver Black Sigil a idéia era lançá-lo pro portátil bombante do momento, que era o GBA. Mas o atraso no desenvolvimento acabou levando o jogo a ser lançado pro Nintendo DS.

Em um reino onde todos conseguem usar magia há muito tempo atrás surgiu um homem chamado Vai. Ele não era capaz de usar magia, e trouxe ao mundo uma grande desgraça. O jogador controla Kairu, um jovem que entra no reino e tambem é incapaz de usar magias.

O visual é incrivelmente 16 bits. Se pegar uma screennshot só da tela de baixo qualquer um pensa que Black Sigil saiu para Super Nintendo ou Mega Drive. As músicas são MIDI, combinando perfeitamente com o estilo do jogo. E as batalhas são por turno, mas com detalhes que adicionam mais estratégia que a maioria dos títulos do gênero.

O jogo foi imensamente criticado pela altíssima taxa de encontros aleatórios. e este problema é grave mesmo. É um bom RPG, mas só recomendo a quem tem paciência para encarar um combate a cada poucos passos.


 

 

Bomberman DS

A série Bomberman parece ser um jogo só, que vai renascendo a cada console lançado. Há os que se afastam da jogabilidade clássica, mas estes não fazem sucesso nenhum entre os fãs. Quem jogou as versões 8 ou 16 bits encontrou os jogos no seu ápice. Tudo que era bom foi definido lá: multiplayer amplo, ação ininterrupta e

Há cem fases no modo singleplayer, o que garante muita diversão. Uma mudança da versão DS é que a ação ocorre na tela de cima, e os itens especiais ficam armazenados na tela de baixo. Ao morrer o jogador pode usar os itens extras que guardou e ativá-los, fazendo este modo mais fácil (e de certa forma mais justo) que nos jogos antigos. Mas Bomberman não é um jogo pra se jogar sozinho.

Neste jogo não é possível jogar pela internet. O que não faz muita falta pra mim, já que assim como no multiplayer de Mario Kart a maior graça é ver a cara do oponente ao explodir. E Bomberman DS oferece multiplayer local pra até 8 jogadores usando apenas um cartucho.

Há 29 modos de jogo multiplayer. Mais um random, que escolhe qualquer um dos anteriores. É, você leu certo, 29 modos multiplayer. O computador pode fornecer bots também, caso você queira. Se gosta de Bomberman, a versão de DS é obrigatória.


 

 

Dark Spire

Quão retro é você? Se você sente saudades dos bons tempos dos cRPGs em primeira pessoa, quando se viajava por labirintos intermináveis numa dificuldade infernal, com um griding cabuloso e gastava semanas, até meses pra terminar o maldito jogo Dark Spire foi feito pra você.

Mas se você realmente é do começo dos rpgs eletrônicos talvez ache que o jogo tenha gráficos atuais demais. Pra você que participou da santa seia Dark Spire traz a opção de gráficos vetorias. Mas mesmo quem não sente falta desta época não vai se sentir desapontado. Os gráficos padrões usam de muito preto, tem uma atmosfera carregada e expressões exageradas que ajudam a compor um clima de perigo eminente que combina demais com o jogo.

Mas o melhor de tudo é a música. A padrão é otima, soturna e emocionante. E há o modo chiptune, com o melhor que o “estilo” tem a oferecer, com músicas realmente memoráveis que grudam na memória.

O problema é que sem guias, detonados, gamefaqs e o escambal é praticamente impossível terminar o jogo. Muitos elementos essenciais não são explicados. Nem mesmo o dano e características das armas. Puro griding não é garantia de terminar o jogo, e ele pode ser muito frustrante. Se é exatamente esta dificuldade e este estilo de rpg oldschool que você procura para relembrar clásssicos como Bard’s Tale e Wizardry não há nada melhor nesta geração.


 

 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *