Nintendo anuncia corte de 30% no 3DS.

Numa ação inusitada, a gigante dos videogames resolveu cortar 30% do valor do seu último portátil lançado na esperança de que este, tivesse um aumento nas vendas. O preço cai de, cerca de 250 doláres para 170 nos EUA, e em outros lugares do mundo também houveram quedas no preço. O Brasil, como sempre, ainda não tem uma posição oficial sobre o assunto, já que o videogame foi lançado aqui há pouco tempo.
No mundo inteiro o console vendeu pouco em relação ao seu primeiro “antecessor”, o DS que no mesmo período de tempo vendeu o dobro de unidades.
Apesar do 3DS estar indo a um rumo que outros consoles de menor sucesso da Nintendo tiveram, acredito que o portátil terá um futuro mais promissor. O maior problema de hoje é a falta de jogos (principalmente grandes títulos) para a biblioteca 3D, já que até mesmo o problema de saúde do qual o videogame foi acusado foi rebatido e confirmado de que não causa tantos danos assim.
Enquanto isso os donos de 3DS atuais, que já compraram o console não vão ter muito tempo para ficarem furiosos com a “perda” do dinheiro por serem bons fãs da Nintendo. A empresa anunciou um tipo de programa Embaixador, onde os jogadores que compraram seus portáteis antes de 12 de Agosto, terão algumas regalias.

Quanto as vantagens foi anunciada apenas uma, mas que já deixou todos em polvorosa: os Embaixadores ganharão 20 jogos do virtual console, 10  de NES e 10 de GBA, isso até o fim do ano. Na minha opinião isso já seria um bom começo para se “remediar” com os consumidores mais ousados que apostaram suas fichas no portátil. Abaixo segue uma lista de alguns jogos já divulgados
  • Super Mario Bros. (NES)
  • Donkey Kong Jr. (NES)
  • Balloon Fight (NES)
  • Ice Climber (NES)
  • The Legend of Zelda (NES)
  • Yoshi’s Island: Super Mario Advance 3 (GBA)
  • Mario Kart: Super Circuit (GBA)
  • Metroid Fusion (GBA)
  • WarioWare Inc.: Mega Microgame$ (GBA)

Grande jogos, para grandes fãs. Claro, são jogos antigos, mas são jogaços que todos os fãs de videogames devem jogar pelo menos uma vez na vida.

A Nintendo está dando passos de bebê com o 3DS e tem que investir em alguns pontos, como o já mencionado problema com pouca variedade de títulos grandes. Além disso a e-shop está limitada e conta com pouco conteúdo variado. A biblioteca está se arrumando aos poucos, lembro-me que nas primeiras semanas aquilo era uma bagunça maior que a do meu quarto. Os jogos já estão mais fáceis de ser encontrados, mas falta conteúdo 3D.
Quanto ao Nintendo vídeo, lançado na atualização de quinta (21), ainda não tenho visto muito sobre ele, além de ser um dos aplicativos que não funciona no Brasil.

Já o Spot Pass é algo que ainda não usei, na minha cidade não teve encontros dos quais eu ficasse sabendo e quando acontece deu estar com o 3DS na rua, não aparece nenhuma atualização (talvez pela falta de donos andando pelos meus caminhos) .
Fonte: Portallos

Mas no mais é isso, vamos esperar para saber o que o futuro guarda para um portátil muito legal, na minha opinião, e o que a Nintendo vai fazer para colocá-lo no topo.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *