Mega Drive

O primeiro console a gente nunca esquece: Mega Drive e Super Nintendo

Heider

Nasci em 1989, então sou mais novo que a maioria do povo da retrosfera. Meu primeiro videogame mesmo foi um Atari. Mas eu desconsidero ele: eu era muito novo, não lembro de nada exceto que tinha um jogo de basquete, ele estragou rápido e era do meu pai. Depois do Atari ter estragado jogar videogame mesmo só na casa dos outros: jogava Master System na casa de um primo, NES na casa de um amigo e Super Nintendo na casa de outro amigo. Mas console meu mesmo o primeiro foi o Mega Drive III. Vou confessar: eu pedi um Super Nintendo, mas meus pais compraram um Mega Drive III.

Não lembro se era mais barato ou se não tinha Super Nintendo no estoque, mas lembro que fiquei meio chateado a princípio. Afinal eu não conhecia o console, então teria amigos pra trocar cartuchos. Pelo menos vinha com 10 jogos.

Após um tempo fiquei vidrado nos jogos e passei a gostar muito mais do Mega Drive que do Super Nintendo. Afinal entre as pérolas se encontrava Sonic, Super Hang On, Streets of Rage, Revenge of Shinobi, Flick… e tudo sem save, zerar era na raça mesmo. Joguei a ponto de me viciar em todos os jogos (menos o Super Monaco GP, achava muito difícil).

Aniversário e dia das crianças o presente era certo: cartuchos! E assim consegui mais alguns. Um do Taz que foi roubado por um primo meu, Mickey Mouse Castle of Illusion, Mortal Kombat e outros. Achei pessoas pra trocar e emprestar jogos e assim consegui Spplaterhouse 3 Sonic 2, por exemplo.

Tinha dois controles, um pirata que falhava bastante. Era comum abrir e colocar papel encima da borracha dos contatos pra melhorar isso. Infelizmente meu Mega Drive III não está mais entre nós… Ele costumava dar problema naquela caixa que conectava atrás da TV, o que era gambiarrável. Muitos anos depois o fusível dele queimou. Eu então liguei um fio em curto circuito entre a fonte e a placa-mãe substituindo o fusível. Mas não tinha idéia do que tinha causado o estouro do fusível (não sei até hoje). O resultado é que ao ligar o videogame ele pegou fogo, e a placa-mãe foi pro saco. Guardei os restos mortais por muitos anos até jogar fora.

Mas os jogos e os controles continuaram guardados. Sempre emulava o console, seja no meu PC ou em outros videogames. Boa parte dos jogos estão memorizados na minha mente. Modéstia a parte ver eu jogar Flick chega a ser bonito, tamanha a técnica e precisão que eu tenho. Mas jogar no console sempre é melhor. Então semana passada comprei um Mega Drive III pelo Mercado Livre, que saiu pra entrega hoje :D

E dá-lhe ansiedade. Vou chegar em casa depois do trabalho e se ele realmente tiver sido entregue e estiver funcionando vou passar boas horas jogando e me divertindo com meus velhos companheiros do peito :D

http://websro.correios.com.br/sro_bin/txect01$.Inexistente?P_LINGUA=001&P_TIPO=002&P_COD_LIS=PB363732773BR

Mariana

Eu também vou fazer a minha participação no meme “O primeiro console a gente não esquece”.

Pra mim a história é um pouco mais complicada, porque o primeiro console que realmente foi meu não foi o primeiro que eu joguei. Mas os dois tem um lugarzinho especial no meu coração. O primeiro que eu tive foi o Ps1, mas o primeiro que eu joguei foi o Snes que me marcou um pouco mais por isso falarei sobre ele.

Super Nintendo Entertainment System. Esse era o videogame que todos meus amigos de sala falavam. Eu tinha meus 5, 6 aninhos a primeira vez que joguei. Meu tio que morava com a minha avó comprou o videogame e tinha várias fitas, inclusive do Super Mario World. Foi lá a primeira vez que joguei o jogo do encanador mais querido do mundo :P

A partir de então todas as vezes que eu ia na casa da minha avó eu pedia meu tio pra colocar as fitas pra mim, lembro me de jogar Donkey Kong, Tom e Jerry, Sim City, Goof Troop, Super Mario World e Choplifter. Quando chegavam os domingos todos os primos que tinhama mais ou menos a mesma idade se juntavam na tv do quarto pra jogar. Fazíamos revezamento de quem iria jogar e determinávamos quando era a vez de cada um. Não importava se jogávamos certo ou errado, o que contava  era a diversão.

Lembro também que na mesma época uns primos meus com seus 14, 15 anos compraram um Snes pra eles também. Eles eram quatro irmãos e sempre me chamavam para ir jogar na casa deles, sabendo que eu não tinha um videogame em casa. Na casa deles eu conheci mais outros jogos tipo Bomberman, Puzzle Bobble e Super Mario All Stars. Uma noite de domingo meus pais me levaram lá e enquanto eles conversavam meus primos ligaram a fita de Puzzle Bobble. Quem conhece o jogo sabe que basicamente vc é um dinossaurozinho que atira bolas coloridas em outras bolas coloridas pra limpar a tela. Até hoje ninguém sabe explicar como eu fiz, mas quando eu tava no nível 9 (que eu nunca conseguia passar sem ajuda) o dinossauro desapareceu da tela. Eu fiquei assustada e chamei meus primos pra eles arrumarem pra mim, mas nenhum deu conta. o jogo continuava, tipo dava pra mexer o canhão das bolinhas, mas cadê o dinossauro….

Minha mãe se lembra disso até hoje, assim como meus primos e ninguém sabe a explicação. E eu não tinha conhecimento nenhum na área, então ficou por isso mesmo. Resetei e voltei a jogar :P

Resumindo, o Snes marcou minha infância e me faz lembrar de quão divertido era jogar com meus primos. Me rendeu várias horas de risos e navaiadas nos jogos, me rendeu raiva por fases que não conseguia passar sozinha. Mas foi tudo muito bom. Tanto que foi por isso que quando fiz 11 anos meus pais me deram o Ps1 que foi de fato meu primeiro console.

E a cereja do meu bolo foi quando meu namorado me deu  aos meus 18 anos, meu primeiro Super Nintendo Entertainment System.

Se você também possui um retroblogger e gostaria de participar é só fazer o seu texto e colocar a frase “Primeiro console a gente nunca esquece” e colocar também o nome do console ^^.  Se quiser ter adicionado nas nossa lista, deixe nos comentário abaixo ^^ E não se esqueça de linkar todo mundo ^^

Confira os posts dos outros blogs participantes deste MEME:

38 comments

  1. Heider, temos a mesma idade! (tá… e daí?)

    O Mega Drive sempre foi aquele console que só o vizinho tinha e eu sempre quis, sempre invejei e tudo mais. Não é atoa que hoje tenho um Mega, um Sega Cd e um Saturn pra descontar. Ainda estou caminhando para conhecê-lo, mas sinto a mesma euforia de criança ao jogar um jogo novo de Mega… coisa que não sinto mais com o SNES.

    Hoje o Mega é meu xodózinho.

    Adorei a história!

    Mariana

    Eu não sei quantas horas já gastei na vida jogando Puzzle Bubble… acho que esse jogo me perseguiu por um ano inteiro. Eu adoroo! Dá uma sensção de ser mais inteligente que o resto que não gosta ou não consegue jogar.

    Adorei denovo!

    1. Eu adooooro Puzzle Bobble com todo meu coração. Eu tenho a fita dele no meu Snes :P Já zerei um bocado bom de vezes depois que ganhei meu snes ^^

  2. Opa, também sou de 89! Haha, acho engraçado os pais que traziam outro console (ou cartucho) pros filhos. Às vezes acontecia isso comigo por não ter o game que eu queria na loja.

    Então esse jogo de moto se chama Super Monaco JP?! Eu tenho, que saudades! O meu é o japonês, tem uns kanjis no nome, aí não consegui descobrir o nome americano…

    Mariana: Tive um super famicon, com poucos cartuchos. Mas o Puzzle Bobble é um dos meus puzzles preferidos! Apesar de eu só ter jogado no neo geo (via emulador) e depois no playstation. Imagino o seu trauma com o sumiço do dinossauro, hahhaha!

    1. Foi aquela coisa: “primo o dinossauro sumiu, kd ele?” Sei q juntou todo mundo perto da tv e eles olharam pra mim com aquela cara de “como vc fez isso?”… Mas foi mto bom… Minha missão na vida agora é jogar todos os jogos da família puzzle bobble ^^

  3. Tô ppura navitalina e lencinhos com esses dois textos!!

    Tudo lindo, mas o SuperNes é meu xodó… ai que sorte a sua Mariana!

    Parabêns o 1/2 Orc está cada vez mais bacana!

    1. A única coisa triste é q cartucho hj em dia é caaaaaaaaro q dói. Mas vou juntar pelo menos aqueles que eu adorava jogar na minha infância ^^

  4. Haha que namorado em… rsrs’ muito legal o post… você nasceram quase na mesma época que eu… eu possui tambem um master system 3 (o qual não era meu e sim da minha irmã, por isso não escrevi sobre ele)…. O Snes foi realmente um dos melhores consoles da face da terra (fã boy here \o), não consigo jogar o emulador sem ter um ataque de nostalgia…

    1. O namorado é o co-autor do texto :P
      Eu fiquei mto feliz qnd ele me deu o snes ^^
      O snes marcou minha vida, mesmo sendo dona de um só depois da maioridade ^^

  5. Olha só, quando vi “Mega Drive e Super Nintendo” no título, já pensei: “Caramba, será que o Heider foi sortudo em já começar a vida com os dois logo de cara?” XD

    Bom saber que cada um deste blog começou com um, dá para fazer um bom debate… ou guerra. =P

    PS: Lerei o artigo depois com calma, garanto. ;)

    1. No começo tinham discussões entre eu e o Sérgio, com ele defendendo o Snes e eu o Mega Drive. Hoje em dia isso (quase) não existe mais. Infelizmente até hoje não consegui fazer ele zerar Shining Force ainda ¬¬ Agora discussões sobre consoles entre eu e a mariana acho que nunca houve :]

  6. Excelente post, curti ambos os textos! :D

    Heider: o primeiro Mega Drive que joguei foi na casa de um primo meu, quando criança eu morria de medo do Altered Beast, aí quando fiquei adolescente passei a zerar Altered Beast toda vez que eu ia lá…é uma pena que roubaram o Mega depois. =(
    Mas uma pergunta: tô afim de comprar um Mega Drive pelo Mercado Livre também, quanto você pagou nesse que tá pra chegar ainda hoje? Andei vendo alguns modelos por R$ 80,00, então queria saber se está nessa faixa mesmo ou se você conseguiu mais barato.

    Mariana: SNES foi meu terceiro console, e é o mais querido aqui em casa, tanto que mesmo com Wii e PS2, o velho guerreiro continua instalado na sala de estar. Puzzle Bobble foi um dos jogos que me deu trabalho para conseguir, mas quando comprei fez a festa aqui em casa, é um dos jogos que até meus pais curtem jogar!

    1. O meu custou 60 reais, com frete grátis, dois controles (um original e um paralelo de 6 botões) e um cartucho original da TecToy. Eu achei muito barato. O vendedor foi este aqui, acho que ele tem mais um Mega Drive a venda:
      http://www.mercadolivre.com.br/jm/profile?id=5217752

      Vc conseguiu zerar Altered Beast? Eu achava muito difícil quando criança ^^ E lembro bem do Rise From Your Grave! :D

      1. Opa, valeu Heider! Realmente os Mega Drives que ele tá vendendo estão muito baratos, só me desagradou o fato de não ter cabo A/V mas sim adaptador RF, mas de resto tá muito bom o preço! Valeu pelo link! :D

        Ah, Altered Beast me faz lembrar do Wise fom your gwave (Rise from your grave), o Power Up e o Welcome to your doom! É um jogo que de fato não envelheceu muito bem, mas eu amo esse jogo até hoje! =)

  7. Poxa Heider por pouco me identifico com você, pois o meu segundo console foi o Mega Drive e foi o que mais aproveitei, porém quando era um pouco mais novo tive o Master System passado ancestralmente e por ter jogado o suficiente valido ele.

    Ótimas historias.

    1. Obrigado :D Masster System eu só fui ter a pouco tempo, mas sempre jogava na casa do meu primo. Principalmente Alex Kid. Como cada um na vizinhança tinha um videogame diferente todo mundo jogava de tudo ^^

  8. Muito bacana o post, estava lendo e só no meio percebi que era uma postagem dupla…

    Esse negócio de pedir uma coisa e os pais trazerem outra é bastante comum, aconteceu comigo quando pedi minha mãe para comprar ZELDA 1 e ela comprou ZELDA 2… E não para por ae, a gente pedia ela para comprar WAFFER DE CHOCOLATE e ela trazia de MORANGO… E por ae vai… Custava a acertar…

    Super Nintendo é um ótimo console é a mais pura verdade que o povo só falava desse console na epoca… A era de ouro dos games…

    Tão de parabéns…

  9. Estou visitando todos os blogs participantes e pedindo que atualizem a lista de blogs do MEME nos seus respectivos posts… Dá um Ctrl+C na lista lá do JCOAS, que tá em ordem alfabética e tá facim de ver qual que tá faltando na sua lista… Aquele Abraço… Vamos ajudar a divulgar…

    IMPORTANTE: Não deixe de comentar no post dos outros participantes, deixe sua opinião, sua visita, vamos fortalecer e ampliar essa corrente…

    Esta é uma mensagem padronizada que enviei para todos os Blogs da B.E.R.G. que estão contribuindo para o MEME “O primeiro console a gente nunca esquece…”

  10. @Heider

    Comigo já foi o contrário, tinha mais intimidade com o Mega ae comprei um SNES e acabei criando uma preferência por ele… vai entender.

    @Mariana

    Ainda vou comprar um SNES novamente só pra poder jogar novamente os clássicos que eu curtia no console original. Arrependimento de ter vendido o meu.

    E adicionem ae: Vão Jogar!

  11. Cara, que fim triste o do seu Megadrive!

    Mas fico feliz que tenha comprado um novo, sei bem como é essa sensação.

    Gosto muito do Megadrive, Splatterhouse, Sonic, foram esses os jogos que me conquistaram!

    Snes, reina absoluto na minha infancia, só pecou pela nhaca que fez com o Mortal Kombat 1, mas compensou pelo II.

    Parabens aos dois, minha noiva também curte games :D principalmente o Snes

  12. Puxa foi muito legal encontrar esse console……..
    puts, eu vive momentos mágicos na companhia do
    “super nintendo”…. e por na batalha dum para mim….
    que barato!!! valeu galera…

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *