Batepapo

Olá. Eu sou o Heider, e a pessoa que mais posta aqui. Quando o MeioOrc foi criado, alguns anos atrás, acho que eu era o único do site com o costume de escrever artigos. Eu colaborava com vários sites, alguns que nem existem mais (saudades do Animehaus) e continuo colaborando. Eu sou muito empolgado (exagerado, até) com as coisas que gosto. Sabe aquele cara que toda semana fala: Você TEM que ver/ler/jogar isto? Sou eu. Meus amigos até brincavam que meu dia tinha mais que 24 horas. Escrever então era só um meio deu compartilhar a existência de coisas legais com o mundo.

Acho que o MeioOrc foi ganhando uma identidade com o passar do tempo. E a identidade é simplesmente esta: falar do que se gosta. Olhando meus textos vejo que poucos tem críticas mais pesadas. Se eu comento é porque achei algo na obra que valha a pena compartilhar. O que eu abertamente não gosto eu acho meio sem sentido resenhar. Se eu não gosto de um gênero dificilmente teria o conhecimento para comparar com outras obras dentro de seu próprio escalão. E eu posso criticar o gênero em si (acho livros de auto-ajuda uma merda pelo próprio conceito, por exemplo), mas dificilmente uma obra sozinha.

Eu evito coisas polêmicas também. Tenho posições bem definidas sobre um monte de coisa, mas acho que ninguém quer ler um texto sobre Castlevania que é uma defesa do ateísmo, ou algo assim. Ok, falando assim parece até interessante, mas tem lugares pra isso, e o MeioOrc não é um deles ^^ O MeioOrc é para relaxar, pra ver de vez em quando se tem algo novo. O que me interessa mesmo é compartilhar o que (pra mim é) cultura.  Nossas visitas são humildes (o Analytics não está funcionando, conserte, Sérgio), em média 100 diárias, se você contar os boots é pouca coisa.  Mas se 10% forem pessoas normais já fico mega honrado de pensar que as pessoas vieram parar aqui, de um jeito ou de outro. E que algumas voltam.

Dito isto a única chance do site acabar é todo mundo que participa “ativamente” desistir de compartilhar experiências. Algo que acho muito difícil de acontecer. Sendo assim vamos às explicações normais dos atrasos.

Em primeiro lugar desculpe a todo mundo que comentou e não foi respondido. Eu e o Sérgio estamos mudando muita coisa no site. Se algum visitante é bem atento e acessava com frequencia pode ter notado diferenças no visual. Acontece que mais dois tipos de mudanças foram feitas: algumas no código do site (para aceitar melhor os updates, por exemplo) e outras no conteúdo. As mudanças no código requeriam backups e restaurações caso necessário. Por isto qualquer comentário poderia desaparecer caso um de nós mexesse em algo que desse errado. Ah, se alguém linkou algo para o MeioOrc talvez os links não funcionem mais. Desculpe por isto :)

Depois disto vieram as mudanças no conteúdo. Que continuam acontecendo. Estou organizando todo o sistema de tags e categorias, que estava uma bagunça só. É um saco. Trabalho repetitivo e cansativo. Quando ficar pronto tudo ficará mais prático e organizado, mas até lá…

Ah, por falar nisso, passamos de mais de 200 posts alguns meses atrás :) Me deixa infantilmente orgulhoso e feliz ter passado desta marca.

O Sérgio está formando na faculdade. Eu e a Mary vamos morar na Inglaterra por um ano, e isto é algo que requer bastante preparativos e dedicação. O Eric começou a estudar Medicina, que drena mais a vida dos alunos que engenharia. Mas com o tempo as coisas se ajeitam, e nós voltamos a postar com a mesma frequencia. Eu tenho bastante textos no google drive, falta só o ânimo para passar tudo para o site e editar.

E sobre o conteúdo: ultimamente surgiram muitos posts sobre livros. Eu adoro livros. É uma paixão muito antiga. Ano passado não tinha tempo para ler nada, eu praticamente só lia esperando o ônibus pra ir trabalhar. Estou descontando este ano. Li um bocado, e tenho mais muita coisa pra resenhar.

Sobre os jogos: existe uma comunidade retrogamer maravilhosa no Brasil. Mas boa parte dela se ausentou, por um motivo ou outro. O Orakio escreve divinamente. Era ler um texto dele e morrer de vontade de jogar, e ao mesmo tempo sentir que o jogo (até então desconhecido) já era um bom amigo. O Emerson Watanabe escreve textos tão bons e tão bem pesquisados que me mata a vontade de escrever sobre o assunto. É sério, leiam este texto sobre VVVVVV e me digam se ele não disse tudo que precisava ser dito. A Titia do GLStoque também saiu para ter mais tempo de seguir sua carreira musical. Suas resenhas eram super interessantes, ver os jogos com suas brincadeiras e de um ponto de vista gay era algo que eu nunca esperei. Uma delícia. O Eric Fraga ainda bem que escreve cada vez menos. Não porque escreve mal, muito pelo contrário. Ele tem uma paixão absurda por jogos, e consegue transmitir ela com maestria. Mas ele já faz tantos videos – e tão bons – que se escrevesse com a mesma frequência de antes acabaria tornando todos os outros sites meio que inúteis ^^

Ainda bem que há vários sites bons ainda na ativa. Mas foi tanta gente legal dando um tempo que a empolgação meio que foi diminuindo, sabe. Principalmente porque eu sempre interagi mais com eles. Então foi diminuindo a sensação de fazer parte de um todo maior, um grupo de pessoas dedicadas a exaltar nossos amados jogos antigos. Continuo jogando, claro. Entre os que terminei/estou quase tem Metroid Zero Mission, Rayman Origins, Fire Emblem Shadow Dragon, Knights of Pen and Paper, A Like to the Past e outros. E não, o fato de cada um ser de uma plataforma não é coincidência ^^ Já fiz o texto de alguns. Outros aparecerão depois. Mas não com tanta frequencia ou destaque que tinham antes.

E há os animes, filmes, séries, quadrinhos… A vida não para, e consertar o MeioOrc me deu tempo para tirar o atraso de muita coisa. Alguns eu acho desnecessário comentar (eu já vi mais resenhas sobre Vingadores vs X-Men que edições da saga), mas sempre tem os escondidinhas ou sem destaque. Will Eisner é um gênio, só pra comentar.

No mais é isto. Passamos dos 200 posts, creio que muitos virão ainda, e espero que possam nos acompanhar sempre ^^ Até mais.

7 comments

  1. Beleza, bom saber que vai tudo bem com o 1/2 Orc! Não comento muito, mas estou seeeeeempre de olho, tá bonitinho lá no meu Google Reader. Bom, ao menos até o dia da morte (já anunciada) do Google Reader :(

    Vocês vão para a Inglaterra? Que chique! Não esqueçam: tá valendo qualquer desculpa esfarrapara para colocar fotos de lá nos posts do 1/2 Orc. Eu, se fosse passar seis meses no Egito, ia inventar logo um especial de jogos sobre egípcios para o Gagá Games só para mostrar para todo mundo que eu fui visitar as pirâmides :P

    E valeu aí pelos elogios… óbvio que é recíproco, e se eu estou sempre de olho aqui no 1/2 Orc, é justamente porque os textos são melhores do que eu encontro internet afora. Parabéns mesmo pelo ótimo trabalho.

    Abração a todos aí e sucesso!

    1. Foi sacanagem da google mesmo. O jeito é acostumar com o Feedly ¬¬

      Vamos viajar sim. Vamos fazer intercâmbio (pago pelo governo, hehehe) ela em Biomedicina e eu em Engenharia Civil. Temos que estar lá dia 17 de setembro, mas é mais provável que viajemos alguns dias antes ^^ Um ano em Newcastle Upon Tyne, uma cidadezinha de menos de 300 mil habitantes. Tem até uma loja de videogames retro por lá :P Quem sabe eu não aprendo um pouco sobre computadores antigos? É um assunto que curto demais ^^

      Estou pensando em fazer um projeto de uma foto por dia, por um ano. Mas acho que não vai ser no 1/2 Orc,e sim e, um tumblr/flickr novo. De qualquer forma divulgarei aqui :)

  2. Mesma coisa por aqui, Heider, como o Gagá (quero dizer, que nem ele :P) estou sempre de olho. Admiro a objetividade sensível dos seus textos, sério mesmo. Este artigo por exemplo, puxa, simples assim: foi tão legal a leitura!

    E temos um projeto em comum que vou te encher o saco quando chegar nesse lugar mágico que está indo. Já falei pra você adquirir cartões de memória classe 10, certo? :) E não estou falando só das fotos que você prometeu na resposta ao Orakio. Quero 1080p aqui no meu dropbox para posterior adição de elementos e transformação em episódios épicos sobre o retrogaming na Inglaterra (fico arrepiado só de falar).

    Aguardando mais 200 posts.

    1. Brigadão, Eric. O cartão e a Go Pro já estão na minha wishlist da Amazon de coisas que vou comprar assim que chegar na terra da rainha (do rei agora) ^^ E como vou levar ela pra todo lado pode ter certeza que o espaço do seu Dropbox não vai ser suficiente para a quantidade de material enviado :P

      Só como curiosidade: ontem fui a um festival gastronômico numa cidade do interior de Minas Gerais chamada Itapecerica. Cidade pequenina mesmo, com pouco mais de 20000 habitantes. Por alguma coincidência maluca estacionamos na frente de uma loja de videogames fechada. E pela vitrine deu para ver um Nintendo 64 e vários controles de Super Nintendo (pelo menos uns 5), possivelmente lacrados. Não sei se são originais. A caixinha tem o Mario e o Yoshi renderizados em 3D de Super Mario RPG. :P Retrogaming persiste até em cidades pequenas.

      1. Oh my, retrogaming no interior! Se sua câmera já seria útil aqui no Brasil, imagine lá Heider….. IMAGINE LÁ!!!

        Adorei a parte do dropbox, salivando aqui literalmente por isso. “Cosmic Effect na Terra da Rainha Series #001 “? “Retrogaming Nonsense #001”? “Café Retrô Na Inglaterra ZX (com seu host, Heider Carlos) #001”? Ok, precisamos melhorar os nomes aqui, mas é por aí, rs… bom, se eu morasse aí eu te levaria no aeroporto no dia para uma calorosa despedida. :)

  3. Olá, prezado Heider Carlos.
    Faz um tempo que não visito o site. Também quase não comento em sites… Mas resolvi fazer isso para parabenizar você e toda galera do 1/2 ORC. Conheci o site através de pesquisas pela internet em busca de um bom conteúdo, encontrei coisas aqui que nenhum outro site havia! Além disso, estão de parabéns pela escrita!
    Continue com o trabalho mesmo fora do Brasil, o site é ótimo!
    Abraços, tudo de bom!

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *