gradiusIII

Saga Snes – Gradius III

Gradius III é um side-scrolling shooting game, ou seja um jogo de “navinha” onde desloca-se o veículo horizontalmente. A série Gradius fez e faz grande sucesso entre os jogadores, ganhando diversos títulos, vários remakes e posts. Originalmente foi lançado para arcades no Japão e Ásia. Gradius II e IV também foram desenvolvidos para arcades. No Japão, em 1990, tivemos Gradius III para Super Famicom e em 1991 para Snes .

Gradius III
Desenvolvedora: Konami
Publicadora: Konami
Lançamento: 13 Agosto 1991
Genero Scrolling shooter
Modo 1 ou 2 Jogadores
Manual [se alguém tiver, posta ai ^^]

Em domínio da nave Vic Viper, o jogador enfrentará tropas do Bacterion Empire. Ao todo são dez níveis que figuram diferentes cenários existindo no final de cada fase um chefe a se derrotar. Tiros e explosões são elementos fundamentais para jogos desse gênero, que preza uma frieza de movimentos quase cirúrgica.

Gradius é um grande título aclamado até hoje por jogadores de shooters, pois exibe um alto nível de dificuldade além de ser um dos precursores do gênero. Jogos desse tipo sempre me empolgam apesar de não ser um exímio jogador de shooters eu me divirto bastante, principalmente em “momentos nirvana” onde entramos em um estado onde simplesmente saímos vivos de situações praticamente impossíveis.

Gradius

A princípio o jogador terá a possibilidade de escolher entre quatro tipos de armamentos que incluem tiro duplo, laser, bombas, orbes de ataque, defesa e um poder especial, e ainda na versão de Snes poderá customizar as armas dando várias possibilidades de estratégia ao jogador.

Ao derrotar alguns inimigos e certos grupos de inimigos será possível pegar algo como orbes de energia que dão ao jogador a possibilidade de adicionar upgrades à nave. Esse sistema de Power-ups além de ser muito bacana ainda dá ao jogador a possibilidade de bolar estratégias, pois o jogador compra seus Power-ups de acordo com a quantidade de orbes que ele pega.

Gradius

São ao todo 10 estágios de pura tensão e adrenalina onde cada cenário se passa em um ambiente diferente, seja em um deserto, área congelada, túneis formando labirintos, florestas dentre muitos outros, e em todas as fazes enfrentamos um grande chefe que deve ser vencido para prosseguir para o próximo estágio.

Possuindo uma jogabilidade bem simples, com o botão B o jogador atira e com o botão A faz-se um Power-up. O resto é habilidade do jogador em desviar de milhões de balas e ainda destruir os adversários.

Os gráficos são bem simples, simples até demais eu diria, mas bem funcionais, afinal estamos voando pelo espaço. Os efeitos de tiros também são bem simples e se comparados com a versão de arcade teremos várias pequenas diferenças; uma delas é a retirada dos momentos conhecidos como pseudo-3D que vemos no estágio 4 na versão de arcade.

Falando sobre as músicas, elas são muito boas, apesar do desespero de desviar de coisas ser tão grande que acabamos perdendo aí um pouco do sentimento de apego pela música desse jogo.

No mais, recomendo esse jogo às pessoas que gostam de desafios e daria meu rim esquerdo para ver alguém zerar esse jogo no hard. Pessoalmente, seria algo até bonito de se ver!

É isso ai, até mais e obrigado pelos peixes.

4 comments

  1. Uma das manchas da minha carreira gamer é nunca ter zerado nenhum shmup de sucesso. Na PC Engine Saga vou tentar me redimir. Gradius de PS2 é um dos jogos mais bonitos pro console, mas foi o único da série que eu joguei ¬¬

  2. esse aqui é um dos meus preferidos jogos de navinha clássico!!!!perdi as contas de quantas vezes já zerei esse jogo!!!gradius 2 também é muito bom!!!!
    o que me chama atenção nesse jogos do gradius são as músicas bem elaboradas e algumas marcantes!!!!joguei os remakes da vida também mas eu gosto mesmo do gradius 2 nes e 3 snes!!!os meus preferidos. vi gradius 3 no superfamicom na época do seu lançamento e me lembro que gradius 3 e area 88 eram muito jogados nas locadoras nos anos 90!!!!bom demais!!!!!

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *