Secret Origins

Secret Origin – The Story of DC Comics

Há os fãs de comics que preferem a DC e os que preferem a Marvel. Eu faço parte do primeiro grupo, embora a Casa das Idéias seja atraente não acho que ela consiga competir com Sandman e Watchmen, entre outros. E como fã da editora (e principalmente dos autores que tem costume de trabalhar com ela) fiquei feliz quando soube a respeito da obra “Secret Origins – The Story of DC Comics”. O documentário é muito interessante para qualquer um que goste de quadrinhos. Para os mais dedicados poucas informações serão novas, mas para os leigos é um verdadeiro deleite. A história cronológica da empresa é explicada de maneira simples e concisa, e com ela a criação de alguns dos mais importantes personagens da cultura pop.

Claro que a obra se foca mais no lado bom da empresa. Muita coisas controversas aconteceram e foram sumariamente ignoradas. Como por exemplo a briga pela posse do Superman, onde Siegel e Shuster venderam os direitos do personagem para a DC por US$130,00 e um contrato de emprego. Eles se arrependeram depois, mesmo ganhando milhares por ano com os quadrinhos que criavam, e tentaram em vão reaver os direitos dele e de outros personagens. Mas histórias como essa são complexas, tomariam tempo demais para serem contadas e tem muitos lados para serem abordados. No final estas ausências fazem até bem para o filme.

Há dezenas de participações especiais – dezenas mesmo. De todas as áreas, como ilustradores, roteiristas, editores e empresários. Algumas são entrevistas feitas exclusivamente para o documentário, outras são vídeos antigos. Neil Gaiman aparece, assim como Garth Ennis, Frank Miller, Bob Kane, Neal Adams e muitos outros. Até o arredio Alan Moore marca presença com seu jeitão maluco. Há algumas grandes ausências, como Jack Kirby, mas o saldo final é muito interessante.

Todas as falas são muito bem representadas. Trechos de filmes, seriados e desenhos pipocam de tempo em tempo, mas o espetáculo fica por conta dos quadrinhos antigos. São usados animações limitadas para dar vida a cenas de comics antigos sem perder a personalidade nem o estilo. O resultado é muito bom e transforma traços datados em algo muito agradável de se ver.

E os selos menores também tem seus espaços. Vertigo, Milestone e Wildstorm são representados, além de obras que não surgiram na editora mas acabaram indo parar no domínio dela, como Capitão Marvel. Claro que não há muita profundidade, como tudo no documentário em geral, mas pelo menos eles não deixam passar em branco.

É um documentário de qualidade que deve agradar a todos. Os quadrinhos estão tão integrados a cultura pop e aos acontecimentos mundiais que são um reflexo e um efeito catalisador dos mesmo. Ver de uma maneira bem feita como uma parte importante da indústria do entretenimento reagiu a ondas de moralismo, 2 guerras mundias, um importante ataque terrorista, a época dos hippies e muitos outros eventos vale cada segundo gasto nos 90 minutos de Secret Origins – The Story of DC Comics.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *